Mass Effect 3: Trailer Multiplayer

E não é que foi confirmado??
Desde a E3 já se falava sobre a possibilidade de ME3 vir com MP e isso dividiu bem os fãs, e eu particularmente sou contra.

Jogo que nasceu single player difícilmente se da bem com MP.
Os últimos adeptos foram Assassins Creed, Dead Space 2, Bioshock 2 (pqp que merda).

Será possível jogar a campanha coop em 4 pessoas, apenas algumas sidequests ou lutar para conquistar locais na galaxia que estão sob ataque. Peralá? Tipo, entro no save de alguem da minha lista e posso ir lá fazer uma disputa de território como rolava no GTA? Ficou meio estranho isso ai, cada vez mais um MMO.

Outra novidade é que no MP vc vai poder usar qualquer raça (das que eles deixarem disponível) pra jogar. Como o carinha mesmo disse, diversas raças que vc viu durante os 2 primeiros games e não pode jogar, agora vai poder controla-los.

Para quem tem xbox, o sistema de jogo com o kinect ta parecendo bem bom. Vamos acompanhar mais vídeos de gameplay pra saber qq rola.

Anúncios

Novo trailer de Mass Effect 3

mano… pqp Mass Effect3 viu. Mais um que terei que comprar a versão megafoca.

O que teve o primeiro game que foi bem rpg, muita estratégia e pouca ação, o segundo que foi muita ação… esse terceiro ta de cair o cu da bunda.

[Review] Mass Effect 2: Arrival

Baixei/Fechei essa semana o último DLC de Mass Effect 2 e, pqp, quero jogar denovo (4x) do zero e agora ter pelo menos 3 saves diferentes.
Quando você começa o ME2, vê que muita coisa do 1 influência no 2… mas quando vc joga os novos DLC do 2, vê que no 3 ta tudo indo para a merda e suas decisões tem um peso MUITOOO maior no 3 game da série.

Vamos lá. Você começa o DLC recebendo uma msg de que uma mollier foi capturada pelos batharians e ela tem informações vitais sobre uma invasão Reaper ao universo, começando pela TERRA.

A primeira parte é muito sussa até no insanity, e tem um achievement de passar por ela sem chamar atenção dos guardas, e rápidinho você acha a tal molier/doutora que fez escavações e tem informações e provas sobre uma invasão que acontecerá em 2 dias.

Missão: Resgatar a vaca.

Vaca resgatada, partiu base de pesquisa em um meteoro onde está um artefato reaper que gera uns pulsos e mostra quanto tempo falta até a chegada dos vilões. OK.
Sheppard estranha que um artefato daquele esteja num lugar que todo mundo tem acesso e que ninguém tenha sofrido com a indroutrinação e ela fala que eles não são idiotas e souberam se precaver (aham), ela também explica que o único meio de ATRASAR a invasão, é fazer aquele meteoro se chocar contra o Mass Relay e destruir-lo, o que acarretaria na morte de toda a colonia batarian e toda a vida daquele sistema, pois a explosão iria gerar uma supernova e tals.

A merda os batarians, meu Sheppard é 100% renegade :D.

Sheppard vê tudo isso mas ainda pede por provas que isso vai acontecer quando, powwwww, assim como o beacon do 1 ele começa a receber um monte de visões e mensagens do Harbinger. Quando tudo acaba a doutora aponta o berro pra cara dele e fala que não deixar ele impedir a invasão e que não existe esperança além de se render ao poder absoluto Reaper. A vaca traidora foi indoutrinada.

Bla bla bla, começa a ação. Você mata um monte de gente e vai até a maldita para impedi-la de explodir os controles, e com um toque renegade da um tiro nela. Antes vc precisa escolher entre tentar se comunicar com a Normandy ou avisar os batarians sobre a explosão para que alguma pobre vida se salve… ta bom que fiz isso!

Meteoro preparado para colisão, partiu Normandy modafoca 2.0…. MAS… antes do joker conseguir te pegar, um holograma do Harbinger aparece e fala que não adianta lutar, que é inevitál, que eles são antigos e os humanos como poeira nos ventos cósmicos e o Sheppard rebate, ameaça, entra na Normandy e ai vemos o meteoro jogando merda no ventilador, explodindo todo o sistema e o Sheppard sendo acusado de genocidio e que irá a corte marcial na terra para ser julgado.

Tudo isso acontece em uma hora e meia. Depende se você está jogando no modo Froio ou no Insanity.

Veredito:
O DLC é muito bom para fechar a história do ME2 e mostrar que você precisa jogar outra vez para planejar seu jogo para o ME3. Mas de longe a história do Shadow Broker é mais pesada e intrigante. O DLC Overlord demora muito mais e também tem mais peso emocional, principalmente quando você escolhe que o irmão do doutor vai ficar preso na maquina sendo torturado para o bem das pesquisas da Cerberus.

Fiquei meio chateado, esperava mais emoção, mas o DLC foi muito bom para preparar a vinda do ME3.

Pretendo jogar denovo com 3 novos saves:
1 – Sheppard 100% Paragon, com o Geth, rede Geth corrigida, nave reaper destruida, Project Overlord desativado e batarians avisados.
2 – Sheppard 100% Renegade sem Geth, rede Geth destruida, nave enviada para a Cerberus, Project Overlord ativado e batarians mortos.
3 – Meu save atual com 100% Renegade, com o Geth na equipe, Geth corrigida, Project Overlor ativado e batarians mortos.

Veja denovo o trailer.

E você não dava valor as suas fitas

Quem não jogou um Atari? Um Master System, Mega-Drive, SNes?

Quem já jogou (todo nerd que se preze ou que seja intitulado assim) sabe dos velhos macetes: assoprar a fita, assoprar o console. Em alguns casos ter que colocar um calço para forçar a fita. Que saudades.

Para mim, a revolução começou quando lançaram um adaptador de fita que se plugava no console e depois a fita em cima, dali era possível copiar para um disquete 3½ o jogo do cartucho (um conhecido usava no Super Famicom) .

Logo em seguida vieram o Sega CD, NeoGeo, Playstation e aqui estamos. Pagamos caro por uma tecnologia muito boa, mas que é extremamente frágil, e eu não estou falando só dos jogos, o console também falha por qualquer coisa, e quem é dono da primeira geração de Xbox 360 sabe muito bem disso:

Agora, só para matar a saudade (ou te deixar com raiva), da uma olhada nesse teste de resistência das antigas FITAS de games:

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

A batalha da captura de movimentos

Quem acompanhou a E3 esse ano viu que tanto a Sony com o Playstation3, quanto a Microsoft com o Xbox 360, apresentaram um sistema similar ao WiiMote do Nintendo Wii.

Mesmo as duas empresas apresentando seus projetos de captura de movimento, convenhamos que foi uma batalha que, como o @froio disse, foi vergonha alheia.

No primeiro dia, a MS Xbox apresentou as suas novidades e não só deixou a todos de boca aberta pela decoração, motion das animações, o anuncio do Metal Gear Solid, Splinter Cell Conviction, Alan Awake, Final Fantasy, Halo ODST e Reach, integração da Live com o Facebook e Twitter e teve a presença de Steven Spielberg, como também chutou bundas ao mostrar seu Project Natal e Milo.

Project Natal

Milo

Nestes vídeos, não só da para ver que o conceito de interação do wii foi melhorado como foi evoluido, afinal, não é mais necessário o uso de controle – a camera não se restringe a captura de movimentos, mas tambem é possivel usá-la para scanear objetos, fora a IA do Milo que interage e reconhece suas expressões faciais.

Com um estardalhaço tão grande logo no primeiro dia, foi decepcionante ver a apresentação da Nintendo que não mostrou merda nenhuma de relevante, mas por ter um baita hardware a apresentação da Sony prometia.

Prometia mas deixou muito a desejar (todas as apresentações foram assistidas e comentadas numa conference no Live Messenger com @froio, @dggomes, @jrmoretti e eu), tanto que em determinadas partes fui beber uma água, fui ao banheiro, continuei trabalhando :P,

Abertura

Sony PSP GO

As animações/comentários foram muito longos, os apresentadores estavam (nitidamente) nervosos, muitas vezes gaguejavam, mas o pior de todos veio no fim.

Depois de ver o novo hardware ,com o preço de lançamento salgado da Microsoft e de saber o potencial de equipamento superior do Play3, era de se esperar algo com uma beleza gráfica superior, e não igual ou pior que o Nintendo Wii.

Sony Motion controller

Além de o Motion controller parecer um dildo brilhante um consolo, uma benga, sacou?, pior ainda, de PRECISAR de um controle, ainda com um gráfico tosco desse???

Fora a versão do jogo de corrida de avatar igual ao Joy Ride do 360, que também, mesmo sendo um jogo para família, tem um visual muito mais elaborado.

Fora God Of War 3, Metal Gear Solid e Guardian, a Sony Playstation teve uma apresentação vergonhosa, nem mesmo os apresentadores conseguiam passar empolgação ou acreditavam que o produto deles era superior ao do concorrente. Tanto que nos jornais “populares” só teve matérias sobre o Milo e o Project Natal.